O Juventude apresentou na tarde desta terça-feira (9) mais um reforço. O zagueiro Renato Chaves, de 32 anos, que chega ao time Alviverde, após passagem no Al-Batin, da Arábia Saudita, e já está a disposição do treinador Umberto Louzer para a sequência do Campeonato Brasileiro Série A. 


Em sua primeira entrevista, o zagueiro falou sobre os motivos que o levaram aceitar fechar com o Juventude: " Eu já imaginava minha volta ao futebol do Brasil por estar há muito tempo na Arábia. Minha adaptação está excelente. Já deu tempo de conhecer a galera. Temos muito trabalho a fazer. Quando a gente vai ficando mais velho, a gente quer se testar. "

 


Renato afirmou que o desafio da Juve é grande neste exato momento: " Precisamos ter resiliência, paciência. Vai ser difícil. Tem que acreditar. A gente tem chance de sair. Tem muito jogo e muita coisa para acontecer. É ter confiança, coragem pra jogar. Os próximos jogos vão ser muito mais psicológicos do que físicos. Se você não tiver uma cabeça boa, não adianta você ser o mais preparado do mundo, você não vai conseguir jogar. É passar essa confiança para a molecada mais nova. É estar junto para que a gente consiga ser sólido nos próximos jogos, que serão muito importantes para nossa caminhada para sair da zona de rebaixamento."


O atleta afirmou que o Brasileirão é muito complicado, que o Juventude precisa de paciência:  Pode ganhar de times que estão invictos e de times que estão na parte de cima da tabela. É só esperar nossa oportunidade, nosso primeiro passo para a gente começar a mudar nossa energia. Esquecer matemática, estatística, números. '