Na última quarta-feira (22), Atlético-GO e Goiás entraram em campo, no Estádio Antônio Accioly para disputar a primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil. O duelo foi bem movimentado, porém o placar não saiu do 0 a 0. As duas equipes voltam a se encontrar em julho, para definir quem irá avançar na competição. 

Em entrevista coletiva após o empate do Dragão pela competição de mata-mata, o treinador Jorginho revela que cobrou mais chutes da equipe no intervalo de jogo e que o time poderia ter sido mais efetivo no ataque. Vale  lembrar que o Dragão não contou com Churín, homem de referência na área. 

"Chamei atenção deles no intervalo. E o tempo todo eu falando para que tivesse finalização de fora da área. Só faz o gol quem realmente finaliza. E faltou um pouco isso. A gente teve muitas infiltrações, cruzamentos, mas faltou um pouco mais de finalização", falou o  treinador em entrevista coletiva após o empate na Copa do Brasil em clássico com o Goiás. 

Antes do duelo de volta da competição de mata-mata, o Atlético-GO terá uma maratona de jogos. Serão seis partidas em 18 dias, com duelos pelo Campeonato Brasileiro, onde a equipe está na décima segunda colocação, e pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana, contra o Olimpia. 

Jorginho falou sobra a maratona de jogos em entrevista coletiva e ressaltou que a melhor coisa que o time poderá fazer é descansar: "Nesse momento não adianta querer treinar demais. Na realidade, o maior treinamento é o descanso para que a gente esteja bem para o próximo jogo."