Em sua primeira passagem no Vasco, Nenê foi um dos grandes destaques do Brasileirão 2015, mas não conseguiu impedir o rebaixamento da equipe. Na ocasião, ficou no clube e conseguiu a permanência para a primeira divisão, saindo em 2018, para defender as cores do São Paulo. 

Nessa temporada, após perder espaço no Fluminense após o término do Campeonato Carioca, retornou para o Cruz-Maltino no dia 15 de setembro de 2021, com o time ainda sonhando com o acesso à elite, sob o comando do técnico Fernando Diniz e alimentando a possibilidade de G4.

Nenê foi um dos grandes jogadores da Série B 2021, mesmo chegando ao Vasco na reta final da competição, o meio-campista teve números impressionantes e fez com que o torcedor cruz-maltino ficasse com a sensação de que se o camisa 77 chegasse antes, o time poderia ter êxito na volta à elite. 

O técnico já falou da importância do jogador quando não pode contar com ele: "Obviamente que o Nenê fez bastante falta. A gente não queria que fizesse, mas fez. Tanto na parte técnica quanto na parte emocional. É um jogador que assume muito o protagonismo, gosta do protagonismo, e isso acaba facilitando os jogadores que o cercam", afirmou Fernando Diniz, técnico do jogador, em coletiva na época. 

Números de Nenê na Série B 2021

  • 14 jogos
  • 4 gols
  • 3 assistências

Identificado com o clube, o meio-campista foi um dos que mais sentiram a permanência do Vasco na Série B. Em sua chegada, o jogador assinou um contrato que valia até dezembro de 2022 e prometeu ao torcedor vascaíno que ficaria na equipe de São Januário para repetir o feito de 2016. 

"Estamos juntos aqui dentro. Ninguém estar separado e temos que ter vergonha na cara mesmo. Estou assim porque é a segunda vez que venho ajudar e sinto que falhei. Mas Deus sabe de todas as coisas. Não vou baixar a cabeça. Sei que dei tudo de mim e vou continuar dando até o último segundo. Vou ficar até o Vasco subir, igual da primeira vez".