Virada a página do empate sem gols com o Goiás, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o Atlético-GO agora se prepara para o seu próximo desafio no Brasileirão. O clube goiano visita o Ceará, às 18h deste domingo (26), pela 14° rodada da Série A. Pensando na sequência da temporada, com as duas competições nacionais e a Copa Sul-Americana no calendário deste segundo semestre, a Diretoria se mantém no mercado da bola.

De olho em peças pontuais para elevar o nível do elenco, o staff do Dragão decidiu entrar na briga pelo atacante Renato Kayzer. O jogador vive momento turbulento no Fortaleza e encaminha sua saída do Leão do Pici. Grêmio e Vasco já manifestaram interesse em contar com o futebol do jogador de 26 anos. Nesta quinta-feira (23), o site Torcedores.com informou que o staff do Atlético tem conversas em andamento com o atacante. 

Ao GE, o presidente Adson Batista comentou sobre a negociação. "Nesse momento, o Fortaleza quer uma venda que está fora dos nossos padrões. Agora, se o Fortaleza entender que o Atlético-GO tem condição de valorizar e até estipular um preço para o final do ano, podemos pagar por um empréstimo”, explicou o mandatário. Kayzer tem contrato com o Fortaleza até o final de 2025. 

Embora não tenha nenhuma proposta oficial do exterior, o empresário de Renato Kayzer, Luiz Tavera, confirmou que há sondagens de clubes da Arábia Saudita, Estados Unidos, México, Japão e China. O atacante atuou em 23 jogos com a camisa do Tricolor, marcou apenas três gols e realizou duas assistências. Isso faz com que o Fortaleza possa ir ao mercado de transferências em busca de um jogador referência de área para reforçar o elenco a partir do mês de julho, mais precisamente do dia 18, quando se abre a nova janela brasileira.