O São Paulo vem buscando equilíbrio na temporada, principalmente depois de sair da fila e conquistar o Campeonato Paulista. No Brasileirão, a equipe comandada por Hernán Crespo não conseguiu uma sequência de bons resultados e está longe de figurar entre os primeiros colocados. Neste momento, o Tricolor ocupa a 17ª posição (primeiro dentro do Z4).

Em contrapartida, na Libertadores o São Paulo até que vai bem e se classificou para as quartas de finais, onde enfrentará o atual campeão, o Palmeiras. Na Copa do Brasil o Tricolor abriu boa vantagem contra o Vasco na última quarta-feira (29) e venceu os cariocas por 2 a 0, no Morumbi, em jogo válido pela ida das oitavas de final da competição.

Enquanto Crespo e sua comissão técnica tentam ajustar as coisas dentro de campo, a diretoria são-paulina tenta reforçar o elenco comandado pelo treinador argentino. O principal alvo no mercado é um centroavante. Apesar de ter Pablo, que voltou a marcar depois de 50 dias, a ideia é ter mais um "camisa 9" à disposição. O último na mira foi Darío Benedetto.

Sim, "foi". Depois de algumas semanas de 'novela' e negociações, o São Paulo desistiu de contratar o atacante que pertence ao Olympique de Marselha, da França. Entre o Olympique e o clube do Morumbi estava praticamente tudo acertado, restando apenas definir se os franceses pagariam parte dos vencimentos do atleta, o que não era visto como uma 'barreira'.

Por outro lado, conforme publicado pelo Globoesporte.com, o próprio jogador não aceitou algumas condições impostas pelo São Paulo e desconsiderou se transferir para o Brasil neste momento. Como já havia dito em diversas entrevistas, a diretoria tricolor se recusa a fazer qualquer tipo de "loucura financeira" e nesta sexta-feira (30) encerrou as conversas.