Após ser eliminado na terceira fase da Copa do Brasil para o América-MG na última terça (10), o CSA voltou todas suas atenções para a disputa da Série B do Brasileiro. Perto da zona de rebaixamento com apenas seis pontos conquistados em seis jogos do campeonato, o Azulão espera subir na tabela diante do Operário-PR. Para isso, Mozart deve promover algumas novidades na escalação, sendo que uma delas é o retorno de Lucão.

Como o zagueiro já tinha atuado na Copa do Brasil pelo Mirassol, acabou sendo desfalque no meio de semana, mas deve voltar a fazer dupla de zaga com Werley. Com isso, Lucão substitui Douglas entre os titulares do CSA. Quem também volta a ficar à disposição pelo mesmo motivo do defensor é Lourenço, mas o meia corre por fora na disputa com Yann Rolim. E a dúvida no meio-campo tem se justificado no Azulão, já que o técnico tem buscado uma solução no campeonato.

Isso porque o ataque tem sido o principal alvo de críticas da torcida azulina, pois a equipe marcou apenas três gols na Segundona. Ou seja, uma média de uma bola na rede a cada duas partidas. Como Osvaldo é titular absoluto na frente, e Bruno Mezenga tem sido o responsável pela função de camisa 9, Felipe Augusto e Marco Túlio brigam pela última vaga para formar o trio ofensivo. Entretanto, a tendência é que Dalberto siga na formação inicial.

Segundo o GE, a provável escalação de Mozart é: Marcelo Carné; Igor, Werley, Lucão e Ernandes (Diego Renan); Giva, Gabriel e Yann Rolim (Lourenço); Dalberto (Felipe Augusto), Osvaldo e Bruno Mezenga. Vale lembrar que o volante Geovane que sofreu uma lesão muscular, continua sendo desfalque para o técnico azulino. Querendo evitar o Z4 da Série B, o CSA espera conquistar os três pontos diante do Operário-PR neste sábado (14), às 20h30, no Rei Pelé, pela 7ª rodada da Série B.