O Cruzeiro segue firme na disputa por uma das vagas que dão o acesso da segunda para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Em alta na temporada, a Raposa está em 3º lugar da Série B, e vem de quatro vitórias consecutivas. No entanto, nem tudo são flores, e alguns problemas envolvendo desfalques do elenco assustam.

Uma das situações mais complicadas do plantel passou por um agravante: o goleiro Gabriel Brazão, que vinha em fase final de recuperação de uma lesão no joelho esquerdo, voltou a lesionar a mesma parte do corpo. Desta vez, o problema foi no ligamento anterior, e o arqueiro precisará passar por uma cirurgia.

Anteriormente, Brazão havia lesionado o menisco e passou por uma cirurgia, ainda em março. Revelado na Raposa, o goleiro esteve no futebol europeu, onde atuou por Parma, Inter de Milão, e depois foi cedido pela equipe italiana ao Albacete-ESP e ao Real Oviedo-ESP, este último em 2020-21. Brazão não atua desde o ano passado.

Reforço cruzeirense na “Era Ronaldo”, Brazão tem 21 anos e esteve em constantes convocações da Seleção Brasileira de base. Na Raposa, ele ainda não foi nem relacionado para nenhuma das partidas, embora tenha a projeção de ser um concorrente para Rafael Cabral na posição, quando retomar as atividades.