Na noite desta quarta-feira (29), o RB Bragantino garantiu vaga na decisão da Copa Sul-Americana ao bater o Libertad por 3 a 1 no Defensores del Chaco. Há uma semana, o Massa Bruta já havia construído uma boa vantagem, ao vencer por 2 a 0 no Nabi Abi Chedid. Agora, a equipe fica esperando o vencedor de Peñarol e Athletico na final.

A partida começou à feição para o RB Bragantino. Aos nove minutos, Cuello recebeu um passe do lado esquerdo, limpou dois marcadores e chutou colocado, acertando o canto esquerdo de Martín Silva. A partir daí, o Libertad precisaria marcar quatro gols, em função do critério dos gols marcados fora de casa.

A equipe paraguaia cresceu no jogo, obrigou boas defesas de Cleiton, e teve um pênalti aos 14 minutos. Viera cobrou no meio do gol, e o goleiro do Massa Bruta defendeu sem conceder rebote. O Libertad voltou diferente do intervalo e, aos oito minutos, conseguiu o gol de empate: Melgarejo cabeceou nas costas de Aderlan e balançou as redes.

Apesar do gol sofrido, o RB Bragantino voltou a controlar a partida, e conseguiu o segundo gol aos 12 minutos. Cuello recebeu passe de Artur, limpou a marcação e recolocou o Massa Bruta na frente. Aos 37 minutos, o camisa 7 recebeu um lançamento de Luan Cândido, e chutou cruzado, nas costas da defesa: 3 a 1 para o RB Bragantino.

Com isso, a franquia Red Bull chega pela primeira vez a uma decisão de torneio internacional. O RB Bragantino fica esperando o vencedor de Athletico e Peñarol, que se enfrentam nesta quinta-feira (30). O Furacão venceu por 2 a 1 em Montevidéu, e está em vantagem no confronto.