Depois de garantir a contratação de Jemerson e de Alan Kardec, o Atlético-MG se prepara para anunciar mais um reforço para o decorrer da temporada. O Galo estaria um passo de selar um acordo com Pedrinho, do Shakhtar Donetsk. Com a determinação da Fifa que libera jogadores estrangeiros que atuam na Rússia e Ucrânia para fechar com outros clubes, devido ao conflito na região, a transferência do meia brasileiro pode ser facilitada.

 

O próprio empresário do jogador já pontuou que falta pouco para Pedrinho chegar ao Mineirão. “São superados sim (detalhes para o contrato). Eu gosto de cravar algo quando está sacramentado. Não é o caso. Estamos conversando. A proposta que o Atlético passou agradou ao Pedrinho, agradou a mim. É uma proposta boa, bacana, dentro do que esperávamos. Creio que está por detalhe para fechar”, disse em entrevista à Rádio 365, de São Paulo.

Pedrinho deve chegar por empréstimo por uma temporada, já que o Shakhtar Donetsk não aceitou vender o jogador. “Agora com a suspensão dos contratos pela Fifa, dá para fazer algo, emprestar. Vender o Shakhtar não quer, chegaram várias propostas e eles não quiseram. Chegou PSV (HOL), Atlético de Madrid (ESP), chegou alguma coisa de Dubai, pra onde ele não iria independentemente do dinheiro, e eles não quiseram fazer. Chegou o Lille (FRA) e eles não quiseram, voltaram a conversar, mas, enfim, estamos decidindo. Talvez ele fique no Brasil mesmo, temos uma proposta do Atlético. Talvez fique esse ano de empréstimo aqui (no Brasil)”, detalhou o Will Dantas.

Outro detalhe do acordo entre Pedrinho e o Atlético foi revelado. De acordo com o portal Fala Galo, o salário do meia deve ser o mais alto do elenco do Galo. “A soma dos rendimentos mensais pagos pelo Atlético ficará na casa de R$ 800 mil, considerando os direitos, férias, décimo terceiro, prêmios e adereços que compõe cerca de 1,7 milhão de euros por uma temporada”, relatou o portal.