arrow_drop_down
search
Presidente do Santos quer jogo em Brasília

Futebol Santos

Presidente do Santos quer que jogo contra o Flamengo seja no Mané Garrincha, em Brasília

O presidente José Carlos Peres quer recuperar o "prejuízo" por não atuar no Pacaembu

Bolavip

Presidente do Santos quer jogo em Brasília

Presidente do Santos quer jogo em Brasília

Já classificado para a Libertadores, o Santos agora tenta conquistar o que é possível dentro desse Brasileirão. Com o Flamengo campeão, o "campeonato à parte" do Peixe é contra o Palmeiras, para definir quem fica com a segunda colocação, assim recebendo uma premiação melhor do que se ficar em terceiro.

Foto: Comitê Rio-2016

Enquanto o vice-campeão garante R$ 31,3 milhões nos cofres, o terceiro colocado abocanha R$ 29,7 milhões. O Alvinegro, no momento, está à frente do Alviverde, com os mesmos 68 pontos, mas com uma vitória à mais mais que o rival.

Falando em dinheiro, o presidente do time praiano, José Carlos Peres, quer que o jogo contra o Flamengo, na última rodada do Brasileirão, no dia 8 de dezembro, seja em Brasília, no estádio Mané Garrincha.

Foto: Divulgação/Santos FC

O mandatário entende que o Peixe deixou de ganhar muita grana por não ter jogado mais vezes no Pacaembu. Pelas contas da diretoria, o prejuízo foi de R$ 10 milhões - entre ingressos e serviços de relacionamento com o torcedor.

"Não está decidido (o local do jogo) por causa do regulamento. Mesmo assim insistimos por Brasília" - revelou Peres.

A CBF não permite alteração do mando de campo para fora do Estado do time mandante nas últimas cinco rodadas da competição. Porém, para Peres, o fato do campeão já ter sido definido, o Peixe consiga a liberação.

Antes de receber o Flamengo, o Peixe ainda encara a Chapecoense, na Vila Belmiro e o Athletico, na Arena da Baixada.

 

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.