Após a grande vitória conquistada pelo Internacional, em um Beira-Rio lotado, contra o Atlético-MG, o presidente Alessandro Barcellos concedeu entrevista coletiva para esclarecer alguns pontos quanto aos próximos passos do Clube do Povo dentro do mercado de transferências. Após quase confirmar a chegada do zagueiro Igor Gomes, descartou a volta de Charles Aránguiz.

 

"Cada um fala sobre seus interesses. O André Cury fala com o interesse dele como empresário. Como presidente do Inter, posso dizer que não há nenhuma tratativa em andamento. É um jogador que teria lugar em qualquer equipe do Brasil. As negociações têm que respeitar sempre o limite", declarou.

Faltando cerca de 15 dias para o fim da janela de transferências, o presidente, ao ser perguntado se o Inter estava 'com fome' de reforços, disse estar quase satisfeito. “Já almoçamos, estamos na sobremesa, já pedindo o cafezinho. Não temos condições de fazer grandes aportes. Entendemos que o grupo é equilibrado. Claro que estamos de olho em oportunidades que possam aparecer”.

 

 

Por fim, Barcellos destacou a importância de que todas as posições estejam bem servidas e elogiou o meia Maurício, que marcou dois gols contra o Galo. “Queremos ter dois ou três jogadores em cada posição. O meio-campo não é uma prioridade, temos jogadores importantes ali. Queremos um grupo equilibrado e competitivo. Maurício é um exemplo”, concluiu.