Embalado pelas duas vitórias nos últimos dois jogos - a mais recente no clássico frente ao Ceará, pelas oitavas de final da Copa do Brasil -, o Fortaleza tem um desafio e tanto neste fim de semana. O Clube encara o Atlético-MG às 21h deste sábado (25), em partida válida pela 14ª rodada do Brasileirão. 

Com o triunfo para cima do América-MG no último domingo (19), o Leão do Pici deixou a lanterna do campeonato. Agora, a equipe comandada por Juan Pablo Vojvoda precisa se manter no caminho das vitórias para sair da zona de rebaixamento. Para isso, vai precisar pontuar contra um adversário que precisa vencer para recuperar seu lugar no G-4 da competição.

Para enfrentar o Galo, o técnico argentino vai fazer duas mudanças na escalação com relação ao time que derrotou o Vozão por 2 a 0, na última quarta-feira (22). O comandante abre mão do esquema com três volantes e promove a volta Lucas Lima, na vaga de Zé Wellison. O meio-campo não pode jogar por ter vínculo com o Atlético. No ataque, Moisés volta a formar dupla com Silvio Romero.

Robson sofreu um estiramento no ligamento do joelho esquerdo e deve ficar fora por pelo menos um mês. Ele se junta a Tinga e Hércules no departamento médico. Negociando sua saída do Tricolor, Renato Kayzer também não foi relacionado. Por outro lado, Jussa, recuperado de lesão, e Lucas Crispim, reintegrado ao elenco, são novidades no grupo. Um provável time do Leão tem: Marcelo Boeck; Ceballos, Benevenuto e Titi; Yago Pikachu, Felipe, Ronald, Lucas Limas e Juninho Capixaba; Moisés e Romero.