A estadia de Paul Pogba no Manchester United tem sido muito controversa, com muitos altos e baixos, algumas polêmicas e o constante rumor de que o francês estaria de saída para o Real Madrid. O francês, que se machucou com sua seleção e não reaparecerá por esse motivo até 2022, ficará livre em junho do ano que vem. Mesmo assim, hoje, o Manchester United não contempla a possibilidade de uma nova conversa com Pogba e seu agente, Mino Raiola, para uma nova extensão de seu contrato.

A confiança entre os dois lados vem enfraquecendo nos últimos meses. Sua lesão muscular com a França foi apenas o último empurrão, mas não há dúvida de que o cenário para assinar um novo contrato, tendo em conta que o jogador pede € 12 milhões de euros, não é o ideal se ele não puder mostrar o que ele vale em campo. A derrota para o Liverpool, que terminou com o jogador expulso e três partidas de suspensão, também não ajudou.

O United, que chegou a pagar € 105 milhões de euros à Juventus pelo jogador, mais a comissão de seu agente e o salário do jogador, tudo isso ultrapassando a casa dos € 200 milhões de euros, não vê agora tão rentável a transferência. E há clubes interessados, como Juventus, PSG e Real Madrid. Principalmente o clube espanhol, já que o clube de Florentino Perez nunca foi de fato atrás de Pogba, e mesmo assim, com o jogador podendo estar "mais perto do que nunca", ainda há uma divisão de opiniões em Madrid.

O foco, segundo o presidente, é ir atrás de jogadores livres no mercado. Carlo Ancelotti, por outro lado, gosta do jogador, tal como jogadores que já atuaram com ele, casos de Kylian Mbappé e de Karim Benzema. A renovação do elenco dos blancos é algo a ser debatido mais cedo ou mais tarde. Luka Modric continuará por mais um ano, até 2023, mas já tendo seus 36 anos. Além disso, o grande alvo dos merengues é Mbappé. Mesmo assim, será uma novela para se acompanhar nos próximos meses.