Passa jogo atrás de jogo e o São Paulo continua sofrendo com lesões em seu elenco. Na vitória contra o Vasco, na última quarta-feira (28), pelas oitavas de final da Copa do Brasil, Arboleda deixou o campo ainda antes do intervalo com com dores no músculo posterior da coxa direita.

O zagueiro foi substituído por Bruno Alves, que não comprometeu, assim como o setor defensivo, no placar final por 2 a 0 no Morumbi. O equatoriano pode se tornar novo problema para o técnico Hernán Crespo visando a sequência da temporada.

Após a partida, o São Paulo não tinha divulgado informações sobre o grau da lesão, mas Arboleda será avaliado nesta quinta-feira (29), no CT da Barra Funda, para começar o tratamento. De qualquer maneira, dificilmente estará apto para o clássico contra o Palmeiras daqui a dois dias pelo Brasileirão. 

Vale citar que a equipe ainda tem Luciano, Luan, William e Eder no departamento médico, que já foi referência no país. Por isso, muitos torcedores do São Paulo seguem nas críticas pesadas ao Reffis. Houve quem "desenterrasse" uma entrevista do fisioterapeuta da Seleção do Equador na época da Copa América. 

Tony Ocampo, criticou o departamento médico do São Paulo em papo concedido à Rádio CRE Satelital. O profissional alfinetou o método de trabalho dos colegas que atuam no Tricolor por uma lesão de Arboleda não tratada de forma apropriada. 

"Segundo comentou Arboleda, ele não recebeu muita atenção por causa da sua lesão. Deram a ele o mesmo tratamento que dariam se ele estivesse bem (...) Não entendo porque acontecem essas coisas, parece que estou voltando para o passado (...) Não sei qual é a mentalidade do clube e dos diretores do clube, mas, quando um jogador se lesiona, isso não os atormenta muito, e esse jogador busca refúgio naqueles que já conhecia antes de chegar a esses lugares”, criticou Ocampo.

O São Paulo tem sofrido com as lesões musculares nesta temporada. De acordo com o clube, a maratona de jogos e o esforço físico de várias competições em sequência foram fundamentais para esse dado negativo. Ao todo já são mais de 20 lesões envolvendo o elenco de Crespo.