O retorno de Dani Olmo ao Barcelona virou uma incógnita, o craque do Leipzig estava na mira do clube catalão, inclusive, de acordo com uma reportagem da Cadena SER, havia pressa do clube em avaliar as opções para trazer o jogador que interessava o técnico Xavi Hernández. Mas o Sport apontou um sentindo contrário para a situação. De acordo com o jornal, a possibilidade de trazer Ferran Torres, do Manchester City, teria tirado Dani Olmo da lista de prioridades do clube.


Na edição de hoje, o jornal Sport explicou que de travar conversas com o ex-clube do Valência, “O interesse da gestão desportiva no atacante (Olmo) foi diluído”. De acordo com o Sport, os dirigentes do clube catalão decidiram adiar uma reunião com o staff de Olmo, que estava prevista para acontecer esta semana. Vale destacar que o meia-ofensivo já havia demonstrado interesse em retornar ao Barça, clube em que fez parte da sua formação.


Mas de acordo com o  portal Fichajes Fútbol, caso o Barcelona decida realmente abrir mão do meia, seria justamente o Manchester City quem estaria disposto a fazer a aquisição do craque do RB Leipzig. Olmo seria uma opção que agrada tanto a Pep Guardiola quanto a Txiki Begiristain caso o blaugranas decidam realmente contratar Ferran Torres.

O jornal espanhol Mundo Deportivo afirmou na última sexta-feira (26), que Ferran Torres havia pedido a Guardiola para deixar o City e partir o Barcelona, situação que teria sido acatada pelo treinador desde que o clube catalão fizesse uma compensação financeira pelo craque de 21 anos. Ferran foi contratado pelo Manchester City no verão passado, numa transferência que rendeu de 25 milhões de euros para os cofres do Valência, mas para deixar o clube os citizens deverão pedir um valor em torno de 70 a 80 milhões de euros, de acordo com a imprensa espanhola.