Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Futebol: Mais notícias

Futebol Corinthians

Ídolo do Corinthians, meio-campista abre o jogo e fala de possível acerto: "Minha vontade era voltar"

Ídolo do Timão, o jogador não se intimidou e reiterou o desejo em voltar ao Campeão dos Campeões  

Bolavip

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Após a saída de Fabio Carille na última temporada, o Corinthians resolveu inovar neste começo de ano e ídolos que não estavam nos planos de Tiago Nunes, acabaram saindo. O técnico promete ainda mais mudanças, já que o começo de temporada com resultados abaixo não tem agradado. 

A reformulação começou com as baixas de dois nomes de peso: os meio-campistas Ralf e Jadson. Ídolos do time paulista, os atletas foram informados que não ficariam e tiveram os vínculos rescindidos. Até aqui, ambos não tiveram um destino definido e continuam livres no mercado.

Foto: Daniel Augusto Jr

Apesar da saída dos medalhões, um outro nome que foi importante nos últimos anos, deseja retornar ao time preto e branco. Em entrevista ao site 'Esporte Interativo',  Rodriguinho, que atualmente joga pelo Bahia, revelou que deseja um dia voltar ao Campeão dos Campeões e lamentou o não acerto neste começo de ano, já que estava livre após rescindir com o Cruzeiro. 

 

"Vai estar sempre no meu coração. É um clube que me proporcionou muitas alegrias e eu pude retribuir da melhor forma possível. Minha vontade era voltar para o Corinthians um dia. Só não sei quando e se vai ser possível. Era um momento oportuno para eu voltar agora realmente, mas sinceramente não sei o que aconteceu que não chegou nenhuma procura ou conversa", disse.

O meia ainda abriu o jogo e disse que apesar da amizade com o presidente do Timão, Andrés Sanchez, ainda não houve nenhuma conversa para um possível acerto: "Apesar de ser muito amigo do Andrés e das pessoas que estão lá, a gente sempre trata essa parte muito separada. Nunca tocamos no assunto sobre essa possibilidade de volta", completou.

Por fim, o medalhão revelou que quando atuava pelo Pyramids, do Egito, o até então técnico Fabio Carlle pediu sua contratação ao Corinthians, porém, o negócio não avançou: "A vez que teve mais próxima foi quando estava no Egito. Tinha um contato direto com o Carille, ele me falou sobre voltar com ele, mas nunca chegamos a um acordo. Espero que um dia possa acontecer", finalizou. Ao todo, com a camisa dos paulistas, foram 175 jogos e 35 gols marcados, conquistando ainda o Campeonato Brasileiro em 2015 e 2016, além do Paulista em 2017 e 2018.

Temas:

Leia também




Comentários

Calendario Partidos

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.