arrow_drop_down
search
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Futebol Santos

Holan ganha 'reforço' para Libertadores e duas posições podem ser afetadas; Kaio Jorge pode retornar

Peixe venceu o jogo de ida, na Argentina, por 3 a 1 e recebe o San Lorenzo no dia 13, no Mané Garrincha; camisa 9 se recupera de lesão na coxa

Bolavip

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Tendo em mãos basicamente Marinho, Soteldo e os Meninos da Vila, Ariel Holan agrega experiência e juventude para fazer do Santos um time diferente do que foi na temporada passada - apesar de ter sido vice-campeão da Libertadores com Cuca. Uma prova da confiança da direção santista no argentino é o longo contrato assinado, válido até dezembro de 2023.

Implantando seu estilo de jogo aos poucos, o Peixe já dá indícios do que pode ser o ano de 2021. Na última terça-feira (06), por exemplo, encarou o San Lorenzo fora de casa e venceu por 3 a 1, dominando boa parte do jogo e com os meninos sendo destaque. Com gols de Lucas Braga, Marinho e do jovem Ângelo, de apenas 16 anos (!), o Santos leva vantagem para o jogo de volta.

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Inclusive, Holan pode ter um reforço para o dia 13, no Mané Garrincha. Conforme noticiou o jornal A Tribuna, o atacante/lateral-esquerdo Jonathan Copete está recuperado da Covid-19. Nesta quarta-feira (07), o jogador se reapresentou no CT Rei Pelé, onde passou por exames cardiológicos e físicos, assim sendo liberado pelo deparamento médico a voltar aos treinos.

Além de Copete, há a expectativa para o retorno de Kaio Jorge. Fora da delegação que foi até Buenos Aires, o camisa 9 se recupera de uma lesão muscular na coxa. O colombiano, no entanto, atua em mais de uma posição, assim podendo ser opção para o lugar de Felipe Jonatan em uma eventual substituição ou para Lucas Braga ou Marinho, caso entre no ataque.

Com jogadores voltando de lesão, Holan ainda pode ter mais uma boa notícia. A imprensa argentina afirma que o San Lorenzo deve vir para o Brasil com o time reserva. Os argentinos querem focar na liga nacional, onde vê mais chances de título, do que na fase 3 da Libertadores, que daria uma vaga na fase de grupos da competição continental.

Temas:

Leia também


Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.