O Internacional enfrenta o Atlético Goianiense nesta segunda-feira (19), em partida do Campeonato Brasileiro. A equipe do Beira-Rio vai para Goiânia jogar contra o vice-lanterna da competição e pode se aproximar ainda mais do líder. Em caso de vitória contra o Dragão, o Colorado alcança 49 pontos na tabela, oito a menos que o Palmeiras. Na corrida que pode garantir uma vaga para a Libertadores do ano que vem, o volante Gabriel fala que a equipe sonha grande em 2022.

 

Em entrevista à ESPN, o jogador do Inter de Porto Alegre garantiu que a equipe treinada por Mano Menezes está disputando o título da Série A. O jogador falou que não se preocupa tanto com o resultado de outros jogos, que prefere focar nos objetivos do Colorado. Mas também deixou claro a satisfação que sente com o segundo turno do seu time.

“No segundo turno nós estamos com uma pontuação considerável, aproveitamento de pontos que nos dá o sonho de brigar por coisas maiores. A gente sabe que o Inter quando entra nas competições é para vencer, para ser campeão. Dessa vez não vai ser diferente. Hoje somos o segundo colocado da competição. Todos sabem que é uma das competições mais disputadas de todas, mundialmente falando. Nossa briga é, sim, pelo título”, analisa Gabriel.

Ao falar do maior concorrente na disputa, o Palmeiras, Gabriel disse que é possível reverter a vantagem dos paulistas. Além de já ter defendido as cores do Alviverde, o volante já jogou pelo outro rival de São Paulo: o Corinthians. O jogador transpareceu a confiança que sente no elenco do Internacional e garante que a corrida pela taça vai ocorrer até o final da temporada.

“É muito disputado, do início até agora. Uma diferença mínima de pontos. O Palmeiras tem 8 pontos na frente, mas num piscar de olhos essa diferença cai e já está todo mundo embolado. Nosso objetivo é fazer nosso papel bem feito. Tenho certeza que no final do campeonato nós vamos estar brigando pelo título. Confio muito no grupo, na comissão, em todos que estão trabalhando no dia a dia para conquistar nosso objetivo”, garante o meio-campista do Inter.