Nesta terça-feira (24), Júnior Santos foi anunciado como reforço do Fortaleza para 2023. O atacante está de volta a equipe que defendeu em 2019. A torcida não reagiu bem a sua chegada, mas na apresentação, o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, defendeu o seu retorno e afirmou que espera "fila do perdão" no futuro. 

“A gente vai fazer a fila do perdão ali no Pici e não vale depois dizer: "nunca critiquei". Não vale dizer isso. E o print é eterno. Quando ele começar a arrebentar em campo, a gente vai ver essa mudança de postura, e eu tenho certeza que isso vai acontecer”, afirmou o presidente do Fortaleza.

Logo depois, o comandante passou a palavra para o jogador, que comentou sobre o retorno ao Leão do Pici para essa temporada. Júnior Santos ainda  relembrou a primeira passagem pelo Clube nordestino, em 2019, quando entrou em campo em 27 jogos e marcou 10 gols no período. 

“É uma alegria estar de volta no Fortaleza. As palavras do Marcelo, as palavras ditas aqui... vai passando um filme na cabeça. Como o Marcelo falou, ele acreditou de mim, no meu futebol, quando joguei o Paulistão pelo Ituano e a Série B pela Ponte Preta. Não tinha nem um ano de profissional ainda, era garoto, tinha acabado de me profissionalizar, era muito difícil de chegar num clube como o Fortaleza, de massa, de torcida, a pressão de buscar títulos, a gente nunca tinha ganho a Copa do Nordeste”, afirmou.