arrow_drop_down
search
Atacante deixa saudade nos torcedores - Foto: Bruno Cantini/CAM.

Futebol Atlético-MG

"Eu nunca escondi de ninguém"; Róger Guedes se rende ao Atlético e cita retorno ao Brasil

Considerado um dos atacantes que mais deixa saudades do clube nos últimos tempos, graças a sua boa passagem, jogador falou sobre a carreira e citou o Galo

Bolavip

Atacante deixa saudade nos torcedores - Foto: Bruno Cantini/CAM.

Atacante deixa saudade nos torcedores - Foto: Bruno Cantini/CAM.

Deixando saudades quando saiu do Atlético e conseguindo conquistar a Copa da China pelo Shandong Luneng, sendo artilheiro e melhor jogador da competição, Róger Guedes retornou ao Brasil e passa férias em Criciúma, no Sul de Santa Catarina, cidade do clube formador e que leva o mesmo nome da cidade.

 

 

Vinculado aos chineses até o meio de 2022, o atacante, que levantou o primeiro troféu no país e fez uma tatuagem para eternizar a conquista, falou sobre a possibilidade de voltar ao futebol nacional e o desejo de jogar na Europa, que ainda pesa em sua escolha sobre o futuro.

 

 

"Eu tinha o objetivo de fazer a minha história na China, de ser campeão. E, graças a Deus, eu consegui realizar isso na última temporada. Agora quero continuar escrevendo a minha história, quem sabe atuar na Europa. Hoje, a realidade é de fato cumprir este contrato, mas, claro, que voltaria para o Brasil. Fui muito feliz aqui, é o meu país. Mas deixo essas questões nas mãos do meu empresário. Meu foco agora é me preparar da melhor forma para quando retornar", revelou o atacante, conforme publicou o GloboEsporte.com.

 

Passagem de Guedes pelo Galo foi marcante - Foto: Bruno Cantini/CAM.
Passagem de Guedes pelo Galo foi marcante - Foto: Bruno Cantini/CAM.

 

Com muito carinho pelo Criciúma, onde jogou até 2016 e foi revelado, mas com passagens vencedoras por Atlético-MG e Palmeiras, o jogador não esconde a identificação com os clubes por onde atuou, citando primeiramente os mineiros, que sempre colocam seu nome como prioridade nas janelas de transferências.

 

 

"Tem a questão do fuso-horário, que acaba atrapalhando um pouco para assistir. Sempre vejo as notícias, acompanho o resultado. Eu nunca escondi de ninguém o carinho que eu tenho, principalmente pelo Atlético-MG, que é um clube com o qual me identifiquei demais, mas claro que também sempre acompanho o Palmeiras, o Criciúma, além de outros", afirmou o atleta.

Temas:

Leia também


Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.