Campeão de LaLiga e chegando com moral para a final da UEFA Champions League, o Real Madrid enfrentará o Liverpool neste sábado (28), a partir das 16h no horário de Brasília, na grande decisão do torneio continental. O confronto entre espanhóis e ingleses, que será uma reedição do último jogo da temporada de 2017/18, quando o Real foi campeão, terá o Stade de France, em Paris, como palco.

Antes de fazer o procedimento padrão de reconhecimento do gramado, o técnico merengue, Carlo Ancelotti, falou sobre a história do Real Madrid na competição. O maior campeão da história da Champions, com 13 títulos, o clube da capital espanhola já atingiu a glória máxima da Europa sob o comando do italiano, na temporada 2013/14, quando derrotou os rivais locais, o Atlético de Madrid.

“Sabemos muito bem a exigência que tem esse clube, a história que tem esse clube, chegar aqui pra nós é muito importante. Nossa temporada foi muito boa, demos o máximo e tentaremos tudo. O ambiente está bem, tranquila, essa equipe lida muito bem com esse tipo de partida. Os veteranos ajudam os jovens a ter um ambiente mais tranquilo e mais confiança”, disse o treinador dos Blancos.

Sobre seu futuro pós-Champions League, Ancelotti “desconversou”, e disse que está aproveitando o momento que vive no Real Madrid. “Estou aproveitando muito esse ano, o período que estou vivendo neste clube com estes jogadores e sigo aproveitando. Estou muito feliz, com confiança. Sei que amanhã de tarde vai chegar um pouco de preocupação, mas a preocupação se combate com a cara dos jogadores, que me passam muita confiança”, afirmou.