A reta final de temporada do torcedor do Sport foi bastante frustrante. Após passar boa parte do primeiro turno perto do G-4 da Série B, o Leão viveu alguns momentos conturbados no ano, como a passagem relâmpago de Lisca e a briga entre torcedores no jogo diante do Vasco da Gama. Até por isso, terminou a segunda divisão na sétima colocação e não conseguiu o tão sonhado acesso. 

Dito isso, apesar de ainda não estar se movimentando com tanta força no mercado de transferências, a diretoria do Rubro-Negro vem sondando a situação de alguns possíveis reforços. Esse foi o caso do goleiro Marcelo Carné, que assinou a sua rescisão contratual com o CSA na última terça-feira (22). Até por isso, o Leão estava de olho no atleta no mercado, mas a negociação não andou. 

Em entrevista ao Globo Esporte, o empresário do goleiro, Rômulo Noronha, fez algumas revelações sobre o futuro do jogador:  "A gente não vai para o Sport. A gente teve o contato do Sport e ainda precisava de algumas definições, porque o clube estava brigando pelo acesso. E nesse meio tempo também surgiu uma situação para fora do país e foi o caminho que a gente definiu. A gente vai seguir esse caminho", declarou. 

Desse modo, o arqueiro formado nas categorias de base do Flamengo deve se transferir para  o futebol europeu, mas ainda não se sabe para qual centro. Aos 32 anos, ele só foi ganhar mais destaque no futebol nacional com a camisa do Juventude, onde conquistou o acesso à elite em 2020 e atuou na Série A em 2021. Em 2022, acabou fazendo parte do rebaixamento do CSA à Série C.