arrow_drop_down
search
Fausto Filho / Ceará SC

Futebol Ceará

Empate em La Paz agrada e Guto vê 8 reservas pedirem passagem no Vozão; do gol até a frente, Ceará mostra elenco forte para 2021

Nomes como Klaus, Jordan, Kelvyn, Buiú, entre outros, seguram a pressão contra o Bolívar a 3.600m de altitude na Sul-Americana e botam pressão nos titulares para a sequência da temporada

Bolavip

Fausto Filho / Ceará SC

Fausto Filho / Ceará SC

Pode ser que a maioria dos torcedores dos clubes do eixo Sul-Sudeste não tenha acompanhado a partida do Ceará contra o Bolívar - a qual foi exclusiva do canal Conmebol TV no pay-per-view -, mas deveriam. Mesmo com um time reserva, o Vovô encarou o duelo de igual e só não saíram de La Paz com a vitória por um pecado. E olha que o grupo de Guto Ferreira encarou uma altitude de 3.600m. O empate por 0 a 0 fez o Alvinegro ser o 1º brasileiro a voltar da capital boliviana sem tomar gols. 

Guto até se apegou ao histórico brasileiro em jogos na capital boliviana para exaltar a atuação dos seus pupilos. "Nas últimas 11 partidas, foram nove derrotas e duas vitórias (dos brasileiros). Nós, com a Copa do Nordeste se encerrando, fizemos a opção de trazer esse grupo. Todos eles já participaram da equipe principal de alguma maneira como titular. E para mostrar o trabalho sério que a gente faz no Ceará, a gente acreditava que poderíamos levar um resultado bom e nós tivemos muito próximos de conseguir a vitória"

No detalhe, o Vozão não voltou com vitória histórica na bagagem. Houve chances clara para isso acontecer, a maior delas com Jael em cobrança de pênalti, mas a bola foi por cima do travessão. A outra com Cléber que mandou a bola na trave aos 45 minutos do segundo tempo. Mas o empate contra o Bolívar foi importante para a sequência na Sul-Americana.

Guto está satisfeito com seus "reservas" na Sul-Americana (Foto: Alexandre Schneider/Getty Images Brasil)

Após três rodadas - e duas fora de casa -, o Vozão mantém a liderança do Grupo C com cinco pontos, empatado exatamente com o Bolívar. Nos próximos jogos, em casa contra Arsenal de Sarandí e o próprio time boliviano, o time de Guto pode garantir a classificação antecipada para as oitavas de final. 

Na análise da colega Thais Jorge, setorista do Vovô no GloboEsporte.com, alguns jogadores se sobressaíram e ganharam pontos após a atuação na altitude. Em primeiro lugar, João Ricardo, que fechou o gol e soube se adaptar à velocidade da bola com defesas importantíssimas. A dupla de zaga, formada por Klaus e Jordan, ganhou pontos importantes. Muita segurança em condições extremas. 

Charles, Marlon e Jorginho também tiveram boas atuações e aparecem como alternativas interessantes no concorrido meio de campo alvinegro. E a base de Porangabuçu? Vai "muito bem, obrigado". Buiú e Kelvyn deram conta do rojão e pedem passagem. Que Gabriel Dias e Bruno Pacheco se cuidem. 

Deu chance até para Cleber ganhar uns pontinhos a mais na forte concorrência do setor ofensivo. A cabeçada na trave no finzinho o colocou novamente no páreo com Jael e Felipe Vizeu.

O Ceará enfrenta o Bahia na segunda final da Copa do Nordeste, no sábado (08), na Arena Castelão. Como venceu em Pituaçu por 1 a 0, o Vovô só precisa de um empate para sair com o bicampeonato. 

Temas:

Leia também


Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.