arrow_drop_down
search
Foto: Getty Images

Futebol Internacional

Contratação de Cervi ganha força no Inter e meio-campista não esconde preferência para 2021; diretoria projeta estratégia de mercado

O argentino, que se tornou alvo de Inter e Grêmio, tem contrato até metade de 2023 no Estádio da Luz, em Lisboa

Bolavip

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Marcelo Medeiros, presidente do Inter, não poupou esforços e buscou diversas contratações em 2020. Maurício, meio-campista do Cruzeiro, foi envolvido na negociação por William Pottker e chegou como uma alternativa no meio-campo. Apesar da chegada de mais um armador no elenco, a diretoria segue de olho nas possibilidades disponíveis no mercado. Franco Cervi, do Benfica, voltou a ganhar força nos últimos meses.

O atleta era um dos desejos do ex-treinador Eduardo Coudet - hoje no Celta de Vigo, da Espanha - e o Clube do Povo já tentou fazer investidas pelo atleta em algumas ocasiões. A chegada do meio-campista ao futebol brasileiro é dificílima, já que outros gigantes da Europa também monitoram de perto sua situação. Jorge Jesus, treinador do time português, pode ter um papel importantíssimo na negociação entre os times. 

O ex-treinador do Flamengo teria barrado sua saída há alguns meses, dificultando ainda mais um possível acerto no Inter. Cervi se destacou com Coudet no Rosário Central, primeira grande equipe de expressão do comandante argentino. Segundo informações do jornal A Bola, de Portugal, a situação do meia no Benfica teria sofrido uma reviravolta. A partir de agora, Franco deve atuar na Major League Soccer (MLS), liga de futebol dos Estados Unidos.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

O destino mais provável é o Orlando City, mas o FC Dallas também tem interesse na contratação do argentino. Sendo assim, o futebol norte-americano surgiu como um empecilho no sonho do Inter, que cogita a contratação do jogador há anos. A negociação entre os diretores do Benfica, segundo a matéria, é de compra, mas um empréstimo (com opção de aquisição ao final do período) não está descartado pela cúpula portuguesa.

Mesmo sem Cervi, o Inter segue à tona no mercado de transferências. D'Alessandro, por exemplo, está de saída. O argentino, que se sagrou como um dos maiores ídolos na história do clube, vestiu pela última vez a camisa colorada na vitória por 2 a 0 contra o Palmeiras, neste último sábado (19). O meia entrou em campo sob palmas e recebeu uma homenagem no telão do Beira-Rio. Taison, cria da base, é um dos reforços cotados da próxima temporada.

Temas:

Leia também


Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.