Depois de vencer o The Strongest, da Bolívia, por 2 a 1 na semana passada, no estádio Hernando Siles, o Ceará voltou ao Brasil para receber os adversários nesta quarta-feira (6), em partida válida pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Na Arena Castelão, a equipe alvinegra voltou a vencer e aplicou um expressivo 3 a 0 para garantir a vaga nas quartas de final da competição.
Com mais um resultado positivo no torneio continental, o Vozão também manteve a sequência invicta na atual edição e, mais do que isso, 100% de aproveitamento na Sul-Americana, somando agora oito vitórias consecutivas. Com um jogo tranquilo, o Ceará finalizou 29 vezes no gol boliviano e marcou dois dos três gols na etapa inicial, com Richardson e Victor Luís, para garantir a vaga.
Mendoza ainda chegou a marcar no final do primeiro tempo, mas teve o gol anulado pelo VAR. O árbitro de vídeo também entrou em ação na segunda etapa, quando Lima fez o terceiro, e o gol foi validado. Agora, o alvinegro cearense espera o resultado do duelo entre São Paulo e Universidad Católica, do Chile, que tem o Tricolor na frente depois de vencer por 4 a 2 na casa dos adversários.
 

Além disso, a vitória do Vovô fez com que a equipe chegasse a um recorde histórico entre nordestinos na Sul-Americana: conseguiu, junto do Bahia e do Sport, a melhor classificação de uma equipe da região na competição ao atingir as quartas. Os pernambucanos fizeram isso em 2017, enquanto os baianos atingiram esse feito em 2018 e 2020, mas o Ceará tem a melhor campanha (8 vitórias em 8 jogos) de todos.