Os seis primeiros colocados do Brasileirão garantem vaga na Copa Libertadores da América, assim como o campeão da Copa do Brasil, da própria Libertadores e também da Sul-Americana. Como os finalistas das duas competições continentais são brasileiros, o G-6 pode virar G-9. Com o título do Furacão, agora, pelo menos, o G-8 está garantido. 

O Atlético-MG está com a mão na taça do Brasileirão, ou seja, mesmo se perder a Copa do Brasil para o Athletico, abrirá outra vaga no Brasileirão, isso devido ao título do Furacão, na Sul-Americana. Ou seja, o G6 já virou G7. Como Palmeiras e Flamengo, que estão na final da Libertadores e garantidos no G-7, o Brasileirão, automaticamente já tem o G-8 como grupo de times que vão à Libertadores de 2022. Agora, para que vire G-9, o Furacão teria que terminar o Brasileirão entre os oito primeiros.

Caso o mesmo clube conquiste dois títulos, ele abrirá uma vaga para a Libertadores dentro do próprio Brasileirão. Ou seja, os vice-campeões da Libertadores e da Copa do Brasil não terão vagas asseguradas na Libertadores de 2022. Resumindo, o Bragantino não será beneficado com o vice da "Sula".

A final da Libertadores entre Flamengo e Palmeiras será no próximo sábado, 27 de novembro, no estádio Centenário, em Montevidéu. E a final da Copa do Brasil, entre Athletico e Atlético-MG, com primeiro jogo no dia 12 de dezembro, no Mineirão, e a volta no dia 15 de dezembro, na Arena da Baixada.

Confira o que diz o regulamento do Brasileirão

Caso um clube obtenha acesso à Libertadores de 2022 através de uma das duas competições continentais (na hipótese de conquistar a Libertadores de 2021 ou a Sul-Americana de 2021) e também por intermédio de uma das competições nacionais (Brasileirão 2021 ou Copa do Brasil de 2021), este clube ocupará a vaga destinada à Conmebol, com a vaga 6 oriunda do Brasileirão 2021 ou da Copa do Brasil 2021, conforme o caso, sendo repassada ao clube melhor colocado no campeonato, excluídos os clubes já classificados.

Caso um clube obtenha acesso à Libertadores de 2022 através da Copa do Brasil e também por intermédio do Brasileirão, este clube ocupará a vaga destinada à Copa do Brasil, com a vaga oriunda do Brasileirão sendo repassada ao clube melhor colocado no campeonato, excluídos os clubes já classificados.