arrow_drop_down
search
Thiago Ribeiro/AGIF

Futebol São Paulo

Belmonte afirma que São Paulo quer camisa 10 e avança em negócio por Benítez, de saída do Vasco; meia tem 60% dos direitos por US$ 4 milhões

Diretor de futebol do Tricolor informou que camisa 10 do Vasco - emprestado pelo Independiente-ARG - é interessante a Hernán Crespo, mas empresário do atleta deixou claro que ainda não foi consultado

Bolavip

Thiago Ribeiro/AGIF

Thiago Ribeiro/AGIF

Hernán Crespo chegou ao São Paulo com ideias concretas sobre o futebol. Deixou claro, em sua apresentação oficial, que não apanharia "terra arrasada" do trabalho deixado por Fernando Diniz e utilizaria muito dos conceitos do seu antecessor. Também prega a saída de jogo desde o goleiro, mas a diferença está num jogo mais vertical, apostando na velocidade de transição para os pontas, uma prioridade no trabalho da direção tricolor. 

Bruno Rodrigues, emprestado pela Ponte Preta, desembarcou no Morumbi e fica até dezembro, assim como o lateral-direito Orejuela, que também arrisca de vez em quando nas beiradas do ataque. No jogo vertical do técnico argentino, um meia cerebral também é necessário para municiar seu ataque. O São Paulo está também atento a essa posição no mercado e nesta segunda-feira foi confirmado o primeiro alvo. 

Em entrevista ao repórter João Paulo Cappellanes, da rádio Bandeirantes, Carlos Belmonte, diretor de futebol do São Paulo, confirmou que Martín Benítez interessa ao clube. O camisa 10 do Vasco está emprestado pelo Independiente, da Argentina, até o meio do ano, porém o clube carioca não vai exercer a opção de compra. 

O jornalista Fábio Torres, da equipe Futmarketing, entrou em contato com o empresário do meia, Adrian Castellano, que deixou claro: "Ainda não chegou nada".

Benítez está cedido por empréstimo ao Vasco até junho, mas pode ir jogar em SP em 2021 (Foto: Thiago Ribeiro/AGIF)

Os cariocas não têm orçamento suficiente para adquirir os direitos de Benítez em definitivo, o que abre a brecha para o São Paulo negociar diretamente com o Independiente. O heptacampeão da Libertadores enfrenta problemas financeiros e almeja negociar o meia pelo maior valor possível - no caso, mantém a pedida de US$ 4 milhões (R$ 23,5 milhões) por 60% do jogador. 

Benítez foi alvo de vários clubes do país desde o fim de 2020, como Grêmio, Palmeiras e Atlético-MG. Até o mundo árabe e o futebol dos EUA demonstraram interesse em contratar o meio-campista e 26 anos, que ficou conhecido no Brasil em 2017 ao vencer, com os "Rojos", a Copa Sul-Americana em cima do Flamengo no Maracanã com direito a gol. 

Além disso, Belmonte revelou na entrevista que o São Paulo formalizou proposta pelo atacante Rafael Santos Borré, do River Plate, que também é disputado pelo Palmeiras, Galo e Grêmio. Milton Cruz, ex-jogador e auxiliar técnico do clube, também está de volta, informou o dirigente.

Temas:

Leia também


Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.