arrow_drop_down
search
Vitor Silva/Botafogo

Futebol Futebol brasileiro

Babi escolhe Athletico e Fluminense se revolta com postura de atacante do Botafogo; Bittencourt cancelou reunião com staff do camisa 11

Centroavante de 23 anos deve viajar a Curitiba nos próximos dias para assinar contrato e realizar exames. Tricolor se irritou com mudança de decisão de Babi e se retirou da negociação

Bolavip

Vitor Silva/Botafogo

Vitor Silva/Botafogo (Foto: Vitor Silva)

A novela Matheus Babi vai finalmente conhecendo seus últimos capítulos. Nesta segunda-feira (05), o Fluminense desistiu oficialmente da contratação do camisa 11 do Botafogo e abriu caminho para a o acerto com o Athletico-PR. 

Após acertar as bases salariais e receber o ok do atacante de 23 anos no fim de semana, o Tricolor se deparou com uma mudança de ideia do Botafogo e do estafe do atleta, informou o colega Caio Blois, do UOL Esporte. O presidente Mário Bittencourt se irritou com o fato e cancelou reunião desta segunda. 

Na semana passada, Babi e o Serra Macaense, clube que detém os direitos econômicos de Babi, fecharam os termos com o Fluminense. Restava o acerto com o Botafogo, a quem o Tricolor ofereceu lista de jogadores. A torcida alvinegra não gostou, o que fez os dirigentes do Glorioso optarem por uma compensação financeira.

Nesta segunda, data da reunião do Fluminense com o staff do jogador, o próprio Babi acenou que tinha topado a proposta do Athletico, que aumentou para 1,2 mihão de euros (cerca de R$ 8 milhões na cotação atual) por 60%, que serão pagos à vista. No caso do clube tricolor, não há plano B de imediato, já que o Palmeiras não pensa em negociar Willian Bigode. 

Athletico levou vantagem também pela influência de Autuori, com quem trabalhou com Babi no Botafogo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

No caso do Furacão, o diretor técnico Paulo Autuori foi muito importante para a conclusão do negócio, já que trabalhou com Babi nos tempos de Botafogo em 2020. O centroavante deve desembarcar em Curitiba nos próximos dias para exames e a assinatura do contrato. 

O Botafogo optou pela oferta do Athletico, pois, além do pagamento à vista, poderá ficar com 10% do atacante em uma venda futura. O Glorioso detém hoje 40% (30% de vitrine) de Babi – o Serra Macaense é o dono da maior parte dos direitos do atleta (60%).

Temas:

Leia também


Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.