MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Futebol Fluminense

Atualmente na Arábia Saudita, defensor abre o jogo sobre retorno ao Fluminense: "Tenho um carinho muito grande"

Destaque no Tricolor, o jogador atualmente atua pelo Al-Wehda, da Arábia Saudita, onde é bem quisto. Em entrevista, o zagueiro deixou em aberto a possibilidade de voltar ao Flu no futuro 

Bolavip

MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Passando por dificuldades financeiras nos últimos anos, o Fluminense negocia muitos jogadores em acensão e que acabam ajudando na restruturação da equipe. Neste ano não é diferente e o clube terá que se desfazer de nomes para se manter firme financeiramente.  

Uma das grandes baixas nos últimos anos foi Renato Chaves que, com a proximidade do fim de contrato, preferiu deixar o Flu em 2018, acertando com o Al-Wehda, da Arábia Saudita. Antes de sair, o defensor era tido como um dos principais nomes da equipe.

Divulgação/Fluminense

Em entrevista ao site 'UOL Esporte', o jogador foi questionado sobre um possível retorno e não descartou a possibilidade: "Acompanho muito pouco, mais por causa do fuso horário, mas sempre que posso dou uma olhada nas redes sociais e na internet para ver como o clube está indo. Deixei muitos amigos no Fluminense e falo com muitos deles até hoje. Sobre voltar, meu pensamento agora é continuar fora do Brasil por mais algum tempo, mas o futuro a gente nunca sabe. Tenho um carinho muito grande pelo clube e por sua torcida", disse o atleta.

Chaves ainda confirmou que abriu mão de uma dívida com o time carioca para poder se transferir para o futebol internacional: "É verdade. Abri mão da dívida que o Fluminense tinha comigo quando me transferi. Fiz isso por respeito à instituição e aos funcionários do clube, pois sabia das dificuldades, e não me arrependo. Sou muito grato ao Fluminense", pontuou o atleta. 

O atleta atuou vestindo a camisa do Time das Laranjeiras de 2016 a 2018, totalizando 73 jogos e sete gols marcados. O xerife ainda conquistou a Primeira Liga em 2016, Taça Guanabara em 2017 e Taça Rio em 2018. 

Temas:

Leia também




Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.