O São Paulo ainda não está com elenco fechado para a sequência da temporada 2020. Enquanto o técnico Fernando Diniz segue em busca da melhor formação titular possível, a diretoria observa o mercado da bola. Além de mapear possíveis contratações, a alta cúpula também trabalha para definir o futuro de jogadores que não fazem parte dos planos do comandante.

 

 

Um dos atletas que não serão utilizados por Diniz entrou na mira do futebol argentino e o estafe aguarda por uma definição do clube paulista. De volta de empréstimo do Internacional, Santiago Tréllez segue com futuro incerto no Morumbi. Segundo a reportagem do site Torcedores.com, o atacante virou alvo do Argentinos Juniors. Em janeiro, o colombiano chegou a negociar com o Independiente Medellín, mas não entrou em acordo financeiro.

É uma situação que estamos avaliando e que nos agrada. Temos excelentes informações sobre o Argentinos Juniors, mas ainda não tem nada fechado com o Tréllez. Estamos esperando o clube enviar um documento formalizando uma proposta para encaminharmos ao São Paulo. Da nossa parte, posso dizer que faltam apenas alguns detalhes para acertarmos com eles. Porém, para a negociação ir à diante é preciso ter a aprovação do São Paulo. Hoje depende mais do São Paulo do que de nós”, disse Sílvio Sandri, empresário do jogador. 

O São Paulo detém 70% dos direitos econômicos de Tréllez e deseja receber 3 milhões de euros (R$ 14 milhões) para negociar. O Argentinos Juniors, por sua vez, oferece 1,5 milhão de euros (R$ 7 milhões). Outro detalhe que emperra as negociações é o alto salário do atacante, que receber R$ 250 mil por mês, com gatilhos relacionados a metas de gols, assistências e premiações. 

Apesar das diferentes realidades de mercado entre os dois países, Tréllez aceitaria abrir mão da parte financeira para voltar a atuar. "Os salários no Brasil são altos para a média do que é pago no restante da América do Sul, mas o Tréllez está ciente de que o Argentinos Juniors não terá condições de arcar com o que ele ganha atualmente no São Paulo. Ele, no momento, está se preocupando em voltar a jogar. Isso é o mais importante para ele”, completou o empresário.