Foto/Reprodução: Coritiba FC

Futebol: Mais notícias

Futebol Coritiba

Após pedida alta demais para os cofres do clube, Coritiba nega e Jorginho deve sair; clube busca outros nomes no mercado, segundo Nadja Mauad

Segundo a diretoria, valores exigidos pelo treinador são elevados para a realidade do clube. Jorginho diz que os valores não são diferentes assim e que quer renovar, aumentando a expectativa para solução da situação

Bolavip
BolaVip Brasil

Foto/Reprodução: Coritiba FC

Foto/Reprodução: Coritiba FC

De acordo com a jornalista Nadja Mauad, o Coritiba já busca um sucessor para o treinador Jorginho que, segundo a diretoria do clube, pediu valores altos demais para uma eventual renovação com o Coxa. Nos últimos dias, o presidente Samir Namur comunicou que seguia em tratativas com o técnico, que fez uma contraproposta e foi informado de que os valores são incompatíveis com a atual realidade do Coxa-Branca.

Foto/Reprodução: Coritiba FC

Jorginho, por sua vez, deu entrevista para a jornalista e disse: "Eu quero renovar. Respeito demais o presidente, o clube, criamos um ambiente muito bom com os funcionários e jogadores. Penso em permanecer, quero ficar, já disse isso, me senti em casa no Coritiba e acredito que podemos brigar por coisas maiores no ano que vem, mas também desejo sim uma valorização do meu trabalho. Só nego veementemente que os valores sejam tão altos assim.", concluiu, o treinador de 55 anos. 

Quando assumiu o clube em setembro, o treinador fez que o time saísse da 13º posição até o terceiro lugar da Série B, com 15 jogos, nove vitórias, cinco empates e apenas uma derrota, aproveitamento de 71%. 

Samir Namur, em entrevista à Rádio B, apontou: "Estamos encontrando dificuldades para acordar os valores de acordo com o que o Coritiba pode pagar. A pedida do treinador e sua comissão técnica é muito alta, sequer valores parecidos", afirmou.

Nomes como Eduardo Barroca e Enderson Moreira são ventilados no clube paranaense, que deseja achar um comandante o mais rápido possível, tendo em vista que terá calendário cheio já em janeiro e fevereiro.
 

Temas:

Leia também




Comentários

Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.