arrow_drop_down
search
Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

Futebol Grêmio

Ajuste tático e menos desgaste: Tiago Nunes expõe estratégia para Diego Souza ser ainda mais decisivo no Grêmio

Com mais gols do que jogos na temporada, o centroavante está em alta com o treinador, que ainda vê caminhos para aumentar a produção no setor ofensivo 

Bolavip

Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

O Grêmio segue com 100% de aproveitamento sob o comando do técnico Tiago Nunes e já acumula seis jogos de invencibilidade na sequência. Um dos grandes nomes da equipe na temporada tem sido o atacante Diego Souza, com mais gols anotados do que número de partidas. Diante do Caxias, na ida da semifinal do Campeonato Gaúcho, ele colocou mais duas bolas nas redes. 

Em 10 jogos disputados na temporada 2021, o camisa 29 acumula 11 tentos. A boa fase não surpreende Tiago Nunes, que avalia uma estratégia para tornar o artilheiro ainda mais decisivo. Em entrevista coletiva, o treinador indicou um ajuste tático, com maior aproximação entre companheiros de ataque, e a busca por um menor desgaste durante os 90 minutos. 

"Eu penso que o Diego tem uma carreira extraordinária. Ele jogou como segundo volante, como meia e segundo atacante. Tem repertório técnico gigantesco e inteligência de jogo muito grande. Sabe ocupar o espaço no tempo certo. A conversa é para tentar criar mais oportunidades para ele, colocar jogadores mais próximos. Que ele faça movimento no tempo certo para ter desgaste menor na partida. Que ele seja decisivo e que a gente dê suporte a ele", avaliou. 

Diante do Caxias, Diego Souza marcou duas vezes na semi do Estadual (Foto: Maxi Franzoi/AGIF)
Diante do Caxias, Diego Souza marcou duas vezes na semi do Estadual (Foto: Maxi Franzoi/AGIF)

Ainda sem grandes mudanças no Grêmio em relação ao modelo de jogo que era utilizado por Renato Portaluppi, o novo treinador quer, primeiramente, entender as características dos jogadores que têm à disposição no clube. O trabalho de Tiago Nunes é buscar o equilíbrio entre suas ideias e o que o grupo lhe oferece para a sequência do ano. 

Precisamos entender as características dos atletas que estão em campo. Historicamente, o Grêmio conquistou muitos títulos com o jogo de aproximação e de posse. O Grêmio tinha jogadores no comando de ataque com a característica de vir buscar a bola no pé e dar o tempo para quem estava armando a jogada chegar na área adversária. Hoje, temos jogadores mais verticais no campo de ataque. O Ferreira, o Léo Pereira e o (Luiz) Fernando são mais verticais. É achar o equilíbrio e ir ao encontro das características dos atletas”, completou. 

Temas:

Leia também


Cadastre-se

Você pode receber as últimas notícias na sua caixa de E-mail.