Rodrigo Moledo esteve à disposição praticamente metade da última temporada no Internacional. Em alternância com jogos sem ser relacionado e a lesão nos ligamentos cruzados, no primeiro trimestre de 2022, fizeram com que o zagueiro de 35 anos jogasse 23 partidas, sem participações em gols e três cartões amarelos sofridos. 

Com média de 56 minutos em campo por duelo, o camisa 4 tem vínculo contratual assinado com o Inter até dezembro; a última renovação aconteceu antes da Copa do Mundo. Agora, o jogador é a bola da vez no Vasco da Gama e o Colorado já adotou a sua postura no mercado da bola, deixando claro o que pensa sobre as condições. 

 

O setorista Lucas Collar atualizou os bastidores no Beira-Rio e traz que o defensor tem aval de Mano Menezes, responsável por pedir sua renovação em novembro. O ex-Corinthians enxerga o medalhão como uma peça-chave do plantel e pensa em mantê-lo com o grupo para o decorrer da temporada. 

 

 

“O Inter descarta negociar Rodrigo Moledo. O defensor acabou de renovar contrato por um pedido de Mano Menezes. É considerado peça-chave do elenco para 2023. Negociação só muda de figura por um valor, que o clube acredita que o Vasco não vai chegar”, destaca a publicação feita pelo comunicador no Twitter. 

Existe possibilidade das tratativas mudarem de figura caso o Cruz-Maltino esteja disposto a envolver quantia no negócio. O que complica é a idade do carioca de 1,88m, além do histórico recente não ser tão favorável assim. A 777 Partners mostra que tem um perfil de investimentos direcionado para jovens. No entanto, sabe que vai precisar compor elenco com quem tem experiência na Série A.