O comitê de clubes da Conmebol se reuniu na manhã de segunda-feira (12), entre diversos assuntos abordados, um deles foi o pedido dos campeões da extinta Copa Conmebol para se tornarem reconhecidos como vencedores da Copa Sul-Americana. Caso se confirme, Gomes brasileiros, como o Atlético-MG, o Botafogo, o Santos e o São Paulo ganharão pontos no ranking de clubes da entidade. Porém, a decisão ainda segue indefinida.

Para entender como funciona o ranking da Conmebol, tem que saber que ele é formado por dois ‘elos’, que consistem na formação de pontuação da Libertadores mais pontuação da Sul-Americana. Os critérios utilizados para pontuar são a   Performance e Coeficiente Histórico de cada time que disputam os torneios que são chefiados pela Conmebol.

 
O primeiro critério se dá por conta dos resultados das últimas 10 edições de cada torneio. No próximo ano, serão considerados de 2013 a 2021. De 2012 para trás, são considerados coeficientes históricos, sendo uma pontuação fixa, onde entrarão os clubes brasileiros que ganharam a Copa Conmebol.

 


A Copa Conmebol foi disputada entre 1992 a 1999. Para saber como ficaria o ranking, o GE fez uma simulação caso de fato a entidade aprove o apelo dos clubes campeões, quais seriam suas respectivas pontuações. Vale lembrar que esse ranking determina os cabeças de chave da Libertadores na fase de grupos.

 Começando pelo Atlético, bicampeão do torneio em 1992 e 1997, nesse critério ele seria o favorito e o mais favorecido com quase 300 pontos extras. Atualmente, o Galo é o 11° com 4.135,2 pontos, caso se confirme a decisão, poderia ultrapassar clubes como o Independiente da Argentina e o Atlético Nacional da Colômbia.


Já o Botafogo, foi campeão em 1993, no ano seguinte, o São Paulo levantou a taça. Já o Santos, foi o grande campeão em 1998, os três somariam no total quase 100 pontos cada um. Atualmente, o São Paulo ocupa a 13ª posição, com 4.038,5, finalista da Sul-Americana, ele já tem a garantia do crescimento; o Santos está no 8° lugar com 4.5167,4 e o Botafogo está na 50ª colocação, com 983,3 pontos somados.


Assim, caso se confirme, essa seria a pontuação recebida por casa clube: o Atlético teria 298,8; o São Paulo somaria 81,6; o Santos 86,4 e o Botafogo 93,6. Somado campeão histórico, vice histórico, semi histórica, partidas vencidas e empates.