Quem é Romero perto de Fábio?

Falta apenas um dia! O Fluminense joga neste sábado (4) em uma das partidas mais importantes de sua história. O Time de Guerreiros irá enfrentar o Boca Juniors, da Argentina, na grande decisão da Copa Libertadores da América.

Fotos: Ettore Chiereguini e Jorge Rodrigues/AGIF – Romero e Fábio serão rivais na decisão da Libertadores
Fotos: Ettore Chiereguini e Jorge Rodrigues/AGIF – Romero e Fábio serão rivais na decisão da Libertadores

[AO VIVO: FLUMINENSE X BOCA JUNIORS NA LIBERTADORES]

O Tricolor das Laranjeiras busca o inédito título continental. Em 2008, a equipe, na época comandada por Renato Portaluppi e tendo Thiago Neves como seu principal estrela, chegou à decisão, mas foi superada pela LDU, do Equador.

➡ Polêmicas de arbitragem são discutidas no Podcast Bolavip Brasil ⬅

Uma das preocupações de alguns torcedores passa, inclusive, por uma eventual disputa de pênaltis. O goleiro do Boca, Sergio Romero, é um exímio pegador de pênaltis e foi decisivo nas classificações contra Nacional, Racing e Palmeiras.

No entanto, o ex-goleiro Ricardo Berna, que defendeu o Fluzão entre 2005 e 2013, tratou de deixar isso de lado. Em entrevista ao Jogada 10, ele discordou da ideia que o arqueiro argentino tenha vantagem sobre Fábio nas penalidades.

É preciso acreditar no goleiro do Flu

“Jamais! Fábio é um grande goleiro e merecedor. Tem uma grande carreira. Torço muito por ele. Acredito que, se for necessária a disputa de pênaltis, ele pode ajudar muito o Fluminense a conquistar esse título”, disse.

Ainda assim, o ex-atleta que hoje é treinador e mora nos Estados Unidos acabou revelando que a partida não será nada fácil, por conta de se tratar do Boca Juniors: “Rapaz, um a zero para o Fluzão é goleada, viu? (Risos)”, brincou.

Quem vai brilhar?

Quem vai brilhar?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Fluminense x Boca Juniors está marcado para acontecer no Maracanã, às 17h (de Brasília). O Bolavip Brasil transmitirá o jogo AO VIVO a partir das 16h30. Uma provável escalação tem: Fábio; S.Xavier, Nino, F. Melo e Marcelo; André, Martinelli e Ganso; Arias, Keno e Cano.

O que os tricolores dizem