A noite deste sábado (27) foi bastante polêmica dentro do Maracanã, uma vez que o duelo entre Flamengo e Cruzeiro, válido pela oitava rodada do Brasileirão, rendeu discussões a respeito de pênalti perdido por Gabigol e reclamações da Nação diante do desempenho ‘aquém do esperado’ apresentado pelo rubro-negro.

A equipe comandada pelo argentino Jorge Sampaoli até foi reativa e saiu em busca do empate, com um gol de Ayrton Lucas, aos 33 minutos da primeira metade do jogo. Porém, o pênalti perdido por Gabigol e a atuação dentro do Maracanã, em geral, foi decepcionante até para o próprio zagueiro Fabrício Bruno que, após a partida, cobrou a si e aos companheiros pela postura do grupo dentro de campo.

Comentarista e apresentador do Grupo Bandeirantes, o jornalista Milton Neves se colocou cético com relação ao futuro do Flamengo no Brasileirão. Na opinião do jornalista e apresentador do ‘Terceiro Tempo’, o time comandado por Sampaoli terminará o campeonato fora do G10 da tabela.

“Não tenho bola de cristal, mas antevejo o que muitos irão comentar…’Poxa, Milton, tem muito Campeonato Brasileiro pela frente ainda!’, dirão…É verdade, mas tem algumas “indicações” que não costumam falhar. Hoje, sem medo de errar, tudo caminha para o Flamengo terminar o certame fora do G-10. Claro, nada disso estaria acontecendo se a diretoria rubro-negra não tivesse feito uma das maiores barbeiragens da história do futebol, quando mandou Dorival Júnior embora e colocou o inexpressivo Vitor Pereira para o seu lugar”, iniciou Milton.

“Empatar em casa com o Cruzeiro, recém promovido para a Série A, é prova inconteste de que as coisas não andam bem pelos lados da Gávea. Aliás, o time vem de outro empate em 1 a 1, contra o fraquíssimo Ñublense pela Libertadores”, completou o apresentador.