O elenco atual do Flamengo estava saturado em relação a jogadores com muito tempo de casa, mas que estavam preenchendo um espaço que poderia estar sendo oportunizado a novos talentos. A chegada de Paulo Sousa e comissão mudou a postura do Rubro-Negro no mercado da bola, abrindo ainda mais espaço no plantel. 

Gabriel Batista, que negocia saída para a Europa, puxa a fila e nove atletas estão de saída ou saíram do Mais Querido na atual janela de transferências. César, Hugo Moura, João Lucas, Bruno Viana, Vitor Gabriel, Piris da Motta, Bill, Max e Kenedy completam a lista das despedidas que aconteceram nos bastidores da Gávea.

A lista não para por aí e Michael pode estar arrumando as malas para se despedir da Gávea em 2022. O Al Hilal, da Arábia Saudita, fez uma proposta de aproximadamente US$ 9 milhões de dólares (cerca de R$ 50 milhões) para contar com o jogador que ganhou projeção no Goiás. Agora, as partes discutem a melhor forma de pagamento. 

A jornalista Raisa Simplicio trouxe a informação na manhã desta terça-feira (18): “Flamengo e Al Hilal discutem a forma de pagamento por Michael. Rubro-Negro quer à vista, os sauditas querem pagar em 2 vezes”, escreveu a comunicadora, em seu Twitter. Para repor a possível saída, o Fla tem um alvo no mercado. 

Ferreira, do Grêmio, está na mira do Rubro-Negro para substituir Micha no plantel. O jovem de 24 anos está avaliado em 9 milhões de euros (algo em torno de R$ 56,8 milhões), segundo projeções do site Transfermarkt, e tem vínculo contratual válido com o Imortal até dezembro de 2023. A cúpula flamenguista espera acertar o negócio com os árabes para irem atrás dos gaúchos, no intuito de conseguir o guri.