Paulo Sousa já está trabalhando a todo vapor no dia a dia do Flamengo. O que se ouve de quem observa os treinos do elenco rubro-negro é que o técnico português é muito exigente e pede intensidade em cada dividida. Obviamente não haverá espaço para acomodados e quem mostrar serviço vai ter chance no time titular. Isso serve como aviso também para os mais novos, como o atacante Lázaro.

Logo em sua apresentação como novo técnico do Flamengo, Paulo Sousa citou o atacante como um dos talentos da Gávea que vão aproveitar sua chance na transição para o profissional. "Matheus França, Lázaro, Guerra ou qualquer outro jovem que está na transição para o profissional vai ter o seu espaço de progressão. A melhor forma de ajudar a base é ter uma equipe bem clara e definida, que permita o crescimento mais rápido do jogador."

"Ele (Lázaro) precisa ter o potencial e a atitude correta. Muitos jogos que chegam no profissional eles pensam que já chegaram, mas ainda há muito o que fazer. A minha ideia é investir nos jogadores. A torcida vai cobrar e eles tem que fazer por isso", completou o luso.

Em entrevista nesta sexta-feira (14), o ex-auxiliar técnico do Fla, Maurício Souza, contou uma conversa de bastidores com o português em que perguntava mais indicações sobre o jovem de 19 anos, que tem contrato até 2025 no Ninho do Urubu.

"A gente (Paulo Sousa e eu) teve uma conversa, durou cinco minutos. Ele fez algumas perguntas, falou de alguns jogadores e comentou especificamente do Lázaro, falou a posição que gostaria que o Lázaro atuasse", revelou Mauricinho, que foi demitido do clube nos últimos dias.

Mesmo sem ter tido grandes chances no profissional, Lázaro já desperta interesse de clubes da Europa. Vale citar que, em contrato, a multa rescisória do atacante é de € 80 milhões (mais de R$ 505 milhões na cotação atual).