Muitos foram os jogadores revelados pelo Flamengo nos últimos anos. Vinícius Júnior e Lucas Paquetá são dois de alguns exemplos que estão fazendo sucesso mundo afora. Além de serem destaques a nível de clubes, a dupla é frequentemente acionada pelo técnico Tite na Seleção Brasileira. E vem mais por aí. 

João Gomes, Lázaro, Victor Hugo e Matheus França formam, juntos, um quarteto de respeito. Com todos os citados estando entre os profissionais, a diretoria do CRF mantém o pulso firme quanto a não queimar a largada, principalmente porque sabe que um título nesta temporada pode valorizá-los ainda mais no cenário europeu. 

Marcos Motta, citado pela Coluna do Fla como advogado de Neymar, estava projetando qual deve ser a próxima transferência a render seis dígitos no Brasil quando se deparou com um xodó da Nação. O doutor esbanjou sinceridade e sinalizou que VH é visto na Europa como o “novo (Lucas) Paquetá”. 

Aos 18 anos, Victor tem contrato válido com o Mengão até 2017, além de uma multa rescisória considerada estratosférica. O montante está fixado em 100 milhões de euros (cerca de R$ 543 milhões na cotação atual). Na atual janela de transferências, que fecha para os europeus agora no início de setembro, o camisa 29 chegou a receber sondagens.

Na atual temporada, V. Hugo soma 10 gols e três assistências dadas em 34 jogos disputados com o Manto Sagrado. O desempenho começou ainda no Cariocão Sub-20, passando pela Copa São Paulo de Futebol Jr., até chegar nos dias de Conmebol Libertadores, a taça mais cobiçada do continente sul-americano.