2024 muito ruim na Gávea

O ano do Flamengo terminou e a torcida agradece aos céus. Foi uma temporada difícil, de muitas vergonhas, vexames e sem nenhum título. Desde 2016 o Mengão não terminava sem conquistar nada.

Rodolfo Landim é presidente do Flamengo
Foto: Paula Reis / Flamengo
© PAULA REISRodolfo Landim é presidente do Flamengo Foto: Paula Reis / Flamengo

A chegada de Tite ainda deu uma sobrevida nos últimos jogos, mas o time flamenguista nunca mereceu levantar um troféu. A partida contra o São Paulo reflete bem o que foi todo o 2023: sem foco, intensidade e muitos erros.

2024 já está batendo na porta. A janela de transferências vai abrir e movimentações já acontecem no Mais Querido. Diretoria do CRF vem mudando de ideia nas últimas semanas e vê a necessidade de uma ruptura maior. A paciência se esgotou.

A lista de saídas vai aumentar. Claro que os dirigentes não vão dizer abertamente quem vai embora até para não desvalorizar o produto, mas a lista será maior do que se imaginava. Tite terá autonomia total.

Nomes que são colocados na lista de saídas: vendas, empréstimos e mais

Entre os nomes, o Flamengo topa liberar mediante as propostas: Matheuzinho, Varela, Pablo, Santos, David Luiz, Wesley, Thiago Maia, e Victor Hugo. 8 jogadores que não terão dificuldades em eventuais negociações.

Fabrício Bruno, titular absoluto com todos os técnicos que passaram pelo Fla, também é colocado como um potencial de transferência hoje no Mengão. O defensor tem sondagens do exterior e não é considerado inegociável.

Gabigol é outro que tem seu nome cogitado em muitos clubes. Seu contrato vence em dezembro de 2024, mas sua renovação está suspensa. Rodolfo Landim entendeu que não é o momento de prorrogar seu contrato agora.

Torcida do Fla já cria lista de dipensa