Aos 43 anos, Glover Teixeira deu adeus ao MMA após ser derrotado na luta principal do UFC 283 para o norte-americano Jamahal Hill na disputa pelo cinturão vago dos meio-pesados (até 93 kg). O brasileiro anunciou a sua aposentadoria após dez anos de Ultimate e recebeu uma série de homenagens nas redes sociais de outros lutadores, inclusive de antigos adversários que enfrentou em sua carreira. 

Jan Blachowicz, a quem Glover derrotou para ser campeão dos meio-pesados em 2021, elogiou o brasileiro e brincou alegando que faltou uma luta revanche entre ambos. "Um dos maiores da indústria do MMA. A lenda. Foi uma verdadeira honra cruzar as luvas com você no octógono do UFC. PS: Mano, mas você deve se lembrar que você ainda me deve uma revanche! Então nos vemos no tatame! Oss!", postou o polonês pelo Twitter. 

Islam Makhachev, atual campeão do peso-leve do UFC, também fez a sua homenagem. "Teixeira, eu sou seu fã", escreveu o russo. Thiago 'Marreta' Santos, outro oponente de Glover no Ultimate, descreveu ter sido uma honra lutar contra o mineiro. "Que carreira incrível, parabéns. Você é um grande e verdadeiro campeão. Foi uma honra para mim dividir o octógono com você, meu amigo", disse o compatriota. 

Outro campeão, o norte-americano Aljamain Sterling, que detém o título dos galos, também reconheceu a resistência e qualidade do brasileiro em sua longínqua carreira. "[...] O sempre duro, habilidoso e durável Glover Teixeira". Confira outras mensagens de carinho do universo do MMA para Glover: