Roger Federer realizou, na última semana, o seu jogo de despedida do tênis pela Laver Cup, torneio que o próprio suíço é um dos organizadores. Ao lado de Rafael Nadal, ele perdeu nas duplas diante dos norte-americanos Frances Tiafoe e Jack Sock. Após a partida, uma cerimônia emocionante levou o tenista campeão de 20 Grand Slam às lágrimas. Passados cinco dias, o suíço brincou com a aposentadoria pelas redes sociais

"Todos sonham com um final de conto de fadas. Veja como foi o meu: derrota na minha última partida de simples, derrota em minha última partida de duplas, derrota no meu último evento em equipe, perdi minha voz durante a semana e perdi meu emprego", escreveu Federer em sua conta no Instagram.

Brincadeiras à parte, o suíço enfatizou o quanto a sua despedida foi especial por tudo o que lhe aconteceu no evento sediado em Londres. "Mas, ainda assim, minha aposentadoria não poderia ter sido mais perfeita e estou muito feliz com a forma como tudo aconteceu. Então não pense demais nesse final perfeito, o seu sempre será incrível do seu jeito", completou. 

Antes da Laver Cup, Federer tinha participado de Wimbledon no ano passado quando, na oportunidade, caiu para o polônes Hubert Hurkacz nas quartas de final. Neste mês, Roger anunciou a sua aposentadoria do tênis ao revelar que, após sofrer com uma lesão no joelho, o seu corpo "mandou a mensagem" de que não seria mais possível voltar a jogar em alto nível, aos 41 anos.