O Santos segue em busca de reforços no mercado de transferências para formar o elenco para próxima temporada, pois contratou apenas o meia Bruno Oliveira, da Caldense, por empréstimo. Precisando lidar com as dificuldades financeiras, a diretoria alvinegra tem agido com cautela nas negociações para não cometer nenhuma ‘loucura’. Ainda assim, o Peixe está disposto a brigar por Nathan, que pertence ao Atlético-MG, já que aumentou a oferta salarial ao jogador em 7,5%.

Segundo informação publicada inicialmente pelo ‘Jornal O Dia’, e confirmada pelo ‘Jornal A Tribuna’, o Santos se comprometeu a pagar R$430 mil mensais para contar com o meia em 2022. Isso supera a oferta do Fluminense, que ofereceu os mesmos R$400 mil que Nathan recebe no Galo. Vale lembrar que o clube mineiro está satisfeito com os valores, já que receberá R$1 milhão para ceder o jogador por empréstimo, e por isso deixou a decisão nas mãos do próprio atleta.

Nathan está aproveitando as férias em Santa Catarina com a família e, na semana passada, pessoas próximas ao jogador confirmaram que o negócio com o Peixe estava adiantado. Entretanto, o Fluminense conversou com o meia em uma nova reunião, fazendo com que ele solicitasse mais tempo para escolher seu novo clube para a temporada. Tanto a diretoria alvinegra, quanto a cúpula tricolor, esperam que a decisão saia ainda nesta semana.

O Santos está confiante que a nova oferta ajude na escolha de Nathan, que tem o interesse de defender a camisa alvinegra. Desde 2018 no Atlético-MG, o meia foi contratado junto ao Chelsea, da Inglaterra, no ano seguinte por 3 milhões de euros (aproximadamente R$17,9 milhões à época), mas acabou perdendo espaço em 2021 sob o comando de Cuca. No total, o jogador de 25 anos disputou 39 partidas na última temporada e marcou três gols.