Na 11ª colocação do Campeonato Brasileiro Série A, o Santos vem de empate por 1 a 1 diante do Atlético-MG, no Mineirão, e chegou ao terceiro jogo consecutivo somando um ponto na competição organizada pela CBF. Até o momento, são seis partidas sem vencer no Brasileirão. O Clube tem dois pontos a mais que o Botafogo, que é o primeiro time dentro do Z4. 

Em 2022, o Alvinegro Praiano foi atrás de nove contratações, dentre elas algumas que chegaram sob dúvidas. Ao lado do técnico Fabián Bustos, o diretor de futebol Edu Dracena teve - e continua - convivendo com algumas críticas relacionadas aos reforços anunciados pela equipe da Baixada Santista. 

No entanto, após os bastidores do embate contra o Galo serem publicados nos canais oficiais do Peixe, parte da torcida ‘queimou a língua’ com a chegada do zagueiro Maicon. Mesmo sem vestir a faixa de capitão, o defensor, que chegou há pouco tempo na Vila Belmiro, já mostra ser um dos líderes do elenco atual. 

“Esse jogo é de todos vocês (elenco). Vocês lutaram até o final. Se eu tivesse saído derrotado, mas com a atitude que nós tivemos, eu iria sair de cabeça erguida. Vocês mereceram muito. Cabeça erguida. Estamos no caminho certo. Agora, vamos buscar os três pontos fora de casa. A postura que nós tivemos está de parabéns”, disse o camisa 33. 

Vivo nos mata-matas da Copa Sul-Americana e da Copa do Brasil, o Santos volta a campo na noite desta terça-feira (14), em jogo válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A. Previsto para ser realizado no Alfredo Jaconi, o duelo frente ao Juventude está marcado para começar às 21h30 (horário de Brasília).