Na noite desta quinta-feira (25), o Santos venceu o Fortaleza por 2 a 0 na Vila Belmiro, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado deixou o Peixe oito pontos à frente do Bahia, primeiro time na zona de rebaixamento, faltando apenas três partidas para o Brasileirão acabar. Os dois gols foram marcados por Marcos Leonardo, na segunda etapa.

O primeiro foi de pênalti, com uma certa dose de emoção: após uma cobrança no meio do gol, Marcelo Boeck chegou a encostar na bola com o pé, mas ela entrou de mansinho no fundo das redes, para alívio e euforia de toda a Vila Belmiro. No final, Marcos Leonardo tabelou com Gabriel Pirani e finalizou bonito, no canto esquerdo.

Na entrevista concedida ao Premiere depois do jogo, o atacante santista relatou que chegou a temer pelo pior na cobrança de pênalti: “Sinceramente, quando a bola bateu ali, frio na barriga, mas, graças a Deus, a bola entrou. Deus deu o dom, agradeço a Ele, estafe e a todos para ter confiança de bater. Vamos trabalhar momento a momento, passo a passo”.

Ele ainda falou sobre a sensação de ver o Santos praticamente livre do rebaixamento, após um sufoco grande ao longo do campeonato: “É uma sensação inexplicável, muito boa, de poder fazer o gol, alívio para a torcida, para o nosso grupo. Nem queria estar nesse momento, mas a gente fez, a gente vai tirar. Trabalhamos bastante por isso. Agora, bastante alívio”.

Com 45 pontos, o Santos deve começar a projetar a próxima temporada, tendo apenas três partidas a realizar na temporada. A equipe volta a campo no próximo domingo (28), diante do Internacional, no Beira-Rio, em Porto Alegre. Nas duas rodadas finais, os adversários serão Flamengo (fora) e Cuiabá (casa).