Na noite deste sábado (2), o Santos enfrentou o Flamengo por mais uma rodada do Campeonato Brasileiro. Para a decepção dos santistas, o Peixe não conseguiu segurar o Rubro-Negro, que venceu a partida por 2 a 1, com um gol de um velho conhecido da Vila Belmiro. Gabigol fez o gol da vitória e deu aquela provocada no seu ex-Clube. 

 

 

Como de costume, não demorou muito para a responsabilidade ser 'dividida' após a derrota. Mas, de acordo com os comentaristas Gabriela Brino e Maurício Barros, do portal UOL Esportes, dos jogadores do Santos, apenas o goleiro João Paulo merece algum tipo de absolvição de culpa, pois se não fosse o arqueiro, teria sido bem pior. 

 

 

Com isso, o goleiro ganhou nota 7 e 7,5 dos comentaristas pela atuação, com argumentos de: "fez defesas importantes", e "evitou o pior". Mas para a dupla de jornalistas, Felipe Jonatan é o cenário oposto e não merece nenhum tipo de 'desculpa' para sua atuação contra o Flamengo. 

 

 

Tanto Gabriela quanto Maurício, deram uma nota 2 para o desempenho do jogador: "Não está fazendo nada direito. Muito dificilmente você o vê dando um passe para frente", e "A marcação não existiu e virou uma grande avenida", disseram respectivamente os comentaristas. 

 

Para Brino, o Santos deixou a desejar em relação à postura, principalmente por estar jogando em casa: "Esperava-se um Santos com muito mais postura e vontade, mas se viu um time muito apequenado contra um Flamengo reserva", concluiu.