A sequência recente do Santos tem preocupado a torcida. Depois das eliminações tanto da Copa Sul-Americana quanto da Copa do Brasil, o alvinegro praiano soma apenas uma vitória nas últimas cinco rodadas do Campeonato Brasileiro, além de contar com um empate e três derrotas consecutivas. Os resultados ruins fizeram com que a equipe estacionasse na tabela de classificação, parando nos 34 pontos.

A saída do técnico Lisca se deu no meio desta sequência ruim, que manteve o Peixe na 11ª colocação do Brasileirão. Em meio a essa situação, os santistas se perguntam sobre quem será o novo treinador da equipe. Um dos nomes mais levantados tem sido o de Sebastián Beccacece, argentino que teve seu último trabalho no Defensa y Justicia. Atualmente sem clube, ele também tem rumores de outros times.

Com uma possível ida ao Boca Juniors sendo especulada, o treinador respondeu aos rumores. “Para ser sincero, ninguém do Boca me chamou. Estão fazendo as coisas muito bem no que diz respeito aos jogos e resultados”, disse o argentino, que foi auxiliar de Jorge Sampaoli, ex-treinador do Santos. Entretanto, apesar de reforçar que não houve contato, disse que gostaria de conhecer internamente o clube.

“Preciso do contato, gostaria de conhecer o prédio e ter relações antes de tomar uma decisão”, disse Beccacece, que ainda afirmou a possibilidade de treinar fora da Argentina. “Sinto que vou treinar no exterior, mas ainda não decidi. Temos possibilidades na Europa, Argentina e Brasil. Hoje vamos nos juntar e analisar as ofertas que temos”, ressaltou o alvo do Santos em contato à TNT Sports da Argentina.