A saga do novo técnico continua no Santos, porém uma decisão já foi tomada: Orlando Ribeiro está garantido interinamente até o fim do Campeonato Brasileiro. O técnico do Sub-20 tem sido elogiado nos dois jogos que comandou a equipe, incluindo a vitória por 2 a 0 diante do Athletico-PR que recolocou o Peixe na briga por uma vaga na Libertadores de 2023. 

Até aqui, dois técnicos argentinos foram consultados pelo presidente Andres Rueda, porém recusaram o convite alvinegro: Sebastián Beccacece e Marcelo Bielsa. O último foi "El Loco", que chegou a analisar o elenco enquanto as tratativas aconteciam com a direção do Santos. O "não" do ex-treinador do Leeds United fizeram o mandatário agir rapidamente. 

O nome preferido de momento - e que já constava na relação do Conselho Gestor - é o de Juan Pablo Vojvoda, do Fortaleza. Só que o treinador do Leão do Pici afirma que só vai pensar em futuro ao término do Campeonato Brasileiro, por isso há dois novos nomes em pauta na Vila Belmiro, segundo apurou o Bolavip Brasil. 

O primeiro deles é Reinaldo Rueda, ex-técnico do Flamengo e que treinou as seleções de Honduras, Equador, Colômbia e, mais recentemente, o Chile. Quem também entrou em análise foi Ricardo Gareca, que deixou o comando do Peru em 2022. O argentino já é conhecido do futebol brasileiro por ter dirigido por pouco tempo o Palmeiras, em 2014. 

Segundo o colega Lucas Costa, setorista do Peixe, Gareca foi oferecido por empresários ao Alvinegro Praiano. "O Gareca agrada muito. Estão mantendo sigilo absoluto, já que o Vojvoda não aceita conversar antes do fim do Brasileiro", confirmou uma fonte à reportagem. 

Aos 64 anos, Gareca fez história no comando do Peru. O técnico argentino levou os incas à Copa do Mundo da Rússia, em 2018, quebrando um jejum de 36 anos sem participações no torneio. Na campanha para a Copa do Qatar, o argentino faturou 3,7 milhões de dólares (R$ 20 milhões na cotação atual) por ano, totalizando aproximadamente R$ 1,6 milhão em salários mensais.