Depois de vencer o São Paulo pelo Campeonato Brasileiro, na última segunda-feira (20), de virada por 2 a 1, o Palmeiras volta a enfrentar os rivais da capital paulista, agora em partida válida pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, mais uma vez no Morumbi. Além das duas competições nacionais, o Verdão também vê a Copa Libertadores se aproximando na semana que vem.

Atual bicampeão da competição continental, a equipe comandada pelo técnico Abel Ferreira tem sido temida também nesta edição da Libertadores. Além do retrospecto nas temporadas passadas, as goleadas aplicadas pelo Verdão na fase de grupos, como o 8 a 1 e 5 a 0 diante do Independiente Petrolero e o 4 a 0 contra o Táchira, levaram a equipe ao melhor ataque da história do torneio na fase inicial.

Em meio a essa situação, o técnico do Boca Juniors, da Argentina, Sebastián Battaglia, se rendeu ao Palmeiras e, junto ao Flamengo, colocou o alviverde como o grande favorito ao título continental. Para ele, isso se deve pelo elenco qualificado e por estarem jogando grandes competições, além de praticarem um futebol bonito. Nas oitavas, o Palmeiras enfrentará o Cerro Porteño, do Paraguai.

“Creio que Flamengo e Palmeiras (são os favoritos). Eles têm um grande plantel, um grande elenco e estão jogando grandes competições. A Copa Conmebol Libertadores é especial. Passa, agora, aquele que joga mais bonito. Agora é mano a mano. Então, o que eu penso agora é que são os melhores da Copa”, afirmou Battaglia em entrevista à ESPN da Argentina. O Boca pega o rival palmeirense, Corinthians, nas oitavas.