Durante a manhã da última quarta-feira (11), o técnico Tite fez a convocação oficial para os próximos jogos da Seleção Brasileira, nos amistosos contra Coreia do Sul e Japão. As partidas serão disputadas em junho e são tratadas como alguns dos últimos momentos para a formação do grupo principal antes Copa do Mundo de 2022, que será disputada entre novembro e dezembro, no Catar.

A principal novidade da lista foi Danilo, volante do Palmeiras que foi chamado pela primeira vez para a Seleção principal. Entretanto, alguns expoentes da mídia e até mesmo torcedores do alviverde paulista não gostaram da convocação do jovem jogador, que será desfalque na equipe quando estiver com a delegação. O jornalista Mauro Cezar Pereira, por exemplo, foi um dos críticos e disparou contra Tite.

“Eu acho que não tinha que colocar (na lista) nenhum jogador do Brasil”, começou o jornalista, durante o último episódio do podcast “Posse de Bola”, transmitido pelo UOL Esporte. Mauro Cezar afirmou que ter estes desfalques prejudica os técnicos durante a temporada, e citou o caso de Rogério Ceni no ano passado, então no Flamengo, que foi demitido pouco tempo depois de “perder" quatro jogadores para seleções.

“A gente sabe que o Danilo é um ótimo jogador, mas a chance dele (ir para a Copa do Mundo) é muito pequena. Bruno Guimarães, Fred, Casemiro e Fabinho são os quatro que fazem o papel do Danilo, e esses caras é que vão para a Copa. Pode ser que o Danilo vá, o que será surpreendente, mas se ele (Tite) não levar, essa convocação não terá o menor sentido”, completou o jornalista durante o debate.